Consolidação e dinamismo

A Sociedade Portuguesa de Oncologia realiza este ano mais um Congresso Nacional de Oncologia, o seu evento magno que este ano cumpre a 15.ª edição, e pela primeira vez com periodicidade anual, reforçando-se, assim, o seu estatuto de reunião agregadora de toda a comunidade oncológica.

Esta decisão insere-se numa política de mudança que temos levado a cabo, com vista à consolidação e dinamismo da SPO para melhor corresponder às realidades e desafios que a Medicina nos coloca.

Acompanhar o ritmo do desenvolvimento da oncologia e as respetivas implicações ao nível científico, formativo, social e político é o nosso objetivo. Estamos a desenvolver um modelo de gestão da SPO mais partilhado e participativo, tendo em vista a construção de uma Sociedade Portuguesa de Oncologia cada vez mais inclusiva e ligada a quem se associa a nós.

De acordo com a missão da SPO pretendemos continuar, aprofundar e iniciar projetos para melhor preparar e capacitar os profissionais, médicos e não médicos, a estarem na linha da frente no tratamento e prevenção das doenças oncológicas, com ganhos efetivos na sobrevivência e qualidade de vida dos doentes. Nesse sentido, escolhemos o seguinte lema para esta 15.ª edição: “Conduzir o Progresso, Estabelecer Prioridades”.

Muitas foram as mais recentes conquistas no combate ao cancro, quer ao nível do conhecimento da doença quer no desenvolvimento de terapêuticas cada vez mais direcionadas, mas é fundamental saber acompanhar as repercussões da doença, em todos os níveis do sistema. Como tal, os temas centrais deste congresso vão incidir na sustentabilidade, nos dados e registos em oncologia, nos resultados na perspetiva dos doentes e nos desafios colocados no acompanhamento dos sobreviventes. Perante o panorama atual, o que é desenvolvido no laboratório deve estar, mais do que nunca, em consonância com as necessidades e questões que se colocam na clínica e no acesso dos doentes a cuidados de qualidade.

Enquanto evento agregador de toda a oncologia portuguesa, mais uma vez chamaremos os grupos de estudos, entidades e todos os profissionais dedicadas à investigação e ao tratamento das doenças oncológicas a se aliarem, para que juntos possamos encontrar soluções e respostas para melhor defender e cuidar o doente oncológico.

Contamos com a vossa participação ativa no congresso anual e no desenvolvimento da SPO.

Um abraço,

Paulo Cortes

Presidente da SPO

Temas em destaque

A (In)Sustentabilidade em Oncologia
Dados em Oncologia
  • Quem e como Tratamos
Investigação Translacional
  • Colaborar para Evoluir
Pro
  • Resultados na perspetiva do Doente
Sobreviventes de Cancro
  • Desafios para a Sociedade
Sociedade Portuguesa de Senologia LPM News Farma